kantar-ibope-media

Automatização e novos indicadores para
o aumento da maturidade e do controle dos projetos

 
 
 
 
 
Mature businessman leading a meeting in a modern workplace. Experienced businessman briefing his colleagues with positive news in a meeting room. Successful businesspeople working as a team.
 

Cenário do cliente

O uso de ferramentas pode facilitar a visão de uma empresa, mas nem sempre o cenário já vem pronto. Muitas vezes o volume de dados é tão grande que gerar essas análises manualmente não é nem um pouco viável.

Kantar Ibope Media é um dos nossos clientes de longa data. Essa empresa atua diretamente na coleta de dados em nível mundial e é um case real onde essa situação acontecia. O grande volume de dados estava gerando uma certa necessidade.

 
 

Principal obstáculo encontrado

Periodicamente a Kantar realiza um report, uma atualização a cerca do andamento dos projetos e da organização como um todo. Porém, esse report em questão era gerado de forma totalmente manual através de arquivos de Excel e gráficos importados de PowerPoint.

Até mesmo os gerentes de projeto precisavam colocar a mão na massa para gerar indicadores e analisar situações, para que então fosse apresentado aos gestores e diretores.

Isso se torna um problema porque gera desperdício da capacidade humana, perda de tempo e redução de resultado. E foi nesse propósito que nós atuamos.

 
christina-wocintechchat-com-rg1y72eKw6o-unsplash
pessoa no computador lateral
 

Solução TRENTIM implantada

A solução proposta para esse impasse foi a automatização desse report, fazendo com que eles saíssem daqueles arquivos diretamente para um quadro completo do Power BI. Além de permitir que isso acontecesse em tempo real e fosse atualizado periodicamente nós também sugerimos duas visões adicionais.

Incluímos uma visualização de gráfico de Gantt por tarefas, que permitiu um melhor acompanhamento dos status das atividades.

A segunda visão foi um mapa de risco baseado em uma lista que passou a ser preenchida pelos gerentes de projeto. Essa função ofereceu conhecimento sobre o índice de risco de cada projeto, o que ainda não existia.

 
 
 

Tecnologias utilizadas

 

SharePoint, Project Online e Power BI.